Notícias

01 de Outubro, 2015

Yokogawa lança nova versão de Exaquantum TM

Yokogawa Disponibiliza a versão ExaquantumTM R3.01

–Melhora Significativa na Taxa de Aquisição de dados possibilitando uma visão ampliada das Operações da Planta–

 

A Yokogawa Electric Corporation vem anunciar o lançamento do Exaquantum R3.01. Comparado às suas versões anteriores, o PIMS/Exaquantum R3.01 possibilita uma performance  seis vezes superior na taxa de aquisição de dados da planta e tem a capacidade de gerenciar cinco vezes mais variáveis de processo (tags).

 

Objetivos Inspiradores  

Os operadores de plantas industriais têm por objetivo monitorar as variáveis mais relevantes do processo, tais como, temperatura, pressão, e outras, procurando interpretar o seu comportamento e identificar os procedimentos mais adequados, de forma a melhorar o desempenho das mesmas. Sintonizada com a tendência de ter que lidar com crescentes quantidades de dados (“big data”), existe a demanda por soluções de gerenciamento de informação, capazes de lidar com quantidades  significativas de dados e taxas crescentes de aquisição. .

 

Visando a atingir tais objetivos, a Yokogawa desenvolveu a plataforma R3.01. Essa última versão do Exaquantum possibilitará à mesma agregar valor à operação de seus clientes, expandindo seu potencial de negócios.

 

Melhorias 

1. Aumento na velocidade de aquisição de dados

Exaquantum R3.01 possibilita  aquisição de dados disparada por eventos, a uma taxa de 600,000 atualizações de tags por minuto, o que corresponde a uma performance  seis vezes superior, quando comparada à da versão antecessora, possibilitando, em menos tempo, uma visão mais acurada das alterações em curso nas unidades de processo da planta, ensejando intervenções e ajustes mais precisos na mesma, que impactam na melhoria do seu desempenho.

 

2. Aumento no número de tags manipuladas

Com o Exaquantum R3.01, um único servidor tem condições de lidar com até 500,000 tags, cinco vezes superior à versão anterior, aumentando dramaticamente a quantidade de informação colocada à imediata disposição dos times de operação e gestão da planta.

 

3. Suporte a “tablets”

Com o Exaquantum R3.01, os usuários podem ter acesso a dados e informação de suas plantas a qualquer tempo e independentemente do local onde estiverem, através do suporte à utilização de tablets (ambientes operacionaisWindows ou iOS), sem limitar-se aos convencionais PCs desktop ou laptop. Essa característica possibilita a agilização do processo de diagnóstico de problemas na planta, com impacto direto na sua produtividade e segurança.

 

4. Ferramentas de Engenharia mais poderosas para desenvolvimento de aplicações

O Exaquantum R3.01 é dotado de uma ferramenta de geração de telas gráficas, que possibilita uma rápida  conversão daquelas configuradas no Exaquantum R3.01 para o ambiente do DCS CENTUM® VP, permitindo a conversão simultânea de múltiplas telas gráficas. Essa ferramenta vem complementar aquela já existente que permite, inversamente, a conversão de telas gráficas do Centum VP para o ambiente do Exaquantum, acarretando uma redução significativa no esforço de engenharia demandado para o desenvolvimento de aplicações.

Principais Segmentos

Indústrias de processo tais como óleo & gás, petroquímica, química, siderurgia, metais não-ferrosos, geração de energia, celulose e papel, alimentos e bebidas, farmacêutica e tratamento de água

 

A ferramenta Exaquantum

 

Exaquantum é um Sistema de gerenciamento de informações da planta (PIMS), aplicado nos segmentos acima citados.

 

A grande quantidade de dados gerados e armazenados ao longo do tempo, relativos aos processos industriais, adquiridos através de sistemas de controle da planta, são um ativo da mais alta importância para as empresas, já que podem ser utilizados por suas equipes operacionais e de gestão para analisar seu desempenho, detectar gargalos e, dessa forma, melhorar a produtividade, qualidade e segurança da mesma; e, precisamente, essa é a função do Exaquantum, que, com recursos e facilidades providas por sua plataforma, possibilita o desenvolvimento de aplicações, cujos objetivos, em última instância, é reduzir o custo operacional das plantas industriais, através do monitoramento do desempenho de seus principais ativos, através de KPIs, que redunda na perseguição do objetivo de manter a planta operando tanto quanto possível, sem interrupção, e tão próxima quanto possível de seu ponto máximo de eficiência ao longo do tempo.

 

É dotado de tags adicionais, chamadas de “agregados”, utilizadas nos cálculos dos indicadores de desemepenho (KPIs)da planta, gerados a partir dos valores assumidos pelas variáveis de processo, ditas tags básicas, ao longo do tempo. As tags “agregadas” geradas são medias ponderadas no tempo, desvio padrão ponderado no tempo, soma, máximo/mínimo, etc., tendo como bases de tempo padrão, hora, turno, dia, e mês e outras passiveis de configuração pelo usuário.

Saiba mais: http://lp.yokogawa.com/exaquantum/