Notícias

26 de Outubro, 2015

Nova Versão do ProSafe® -RS para Melhoria da Eficiência da Engenharia e Configuração do Sistema

A Yokogawa Electric Corporation anuncia que vai lançar uma nova versão de seu Sistema Instrumentado de Segurança (SIS) ProSafe®-RS em 27 de novembro de 2015. Esta nova versão, R4.01, apresenta uma empolgante expansão do lineup da Yokogawa em dispositivos de E/S e introduz cruciais novos componentes ao SIS. Além disso, o software FieldMate™ Validator foi aprimorado para trabalhar com esta última versão do ProSafe-RS.

 

Desenvolvimento

No petróleo, gás natural, petroquímica, ferro e aço, e outras indústrias de energia e materiais básicos, prevenção de acidentes e proteção do meio ambiente são preocupações primordiais nas operações de uma planta. Desta forma, existe uma demanda crescente por SISs que são sistemas que podem detectar condições anormais e com segurança iniciar paradas de emergência.

 

Para manter o ritmo com a constante evolução de negócios, desenvolvimento tecnológico e para responder às necessidades dos clientes por soluções que proporcionem o máximo de retorno sobre os ativos e minimizar o custo total de propriedade, a Yokogawa continua a fortalecer as funções do SIS ProSafe-RS. Com a nova versão R4.01, operadores de plantas podem ter a certeza de um ambiente de engenharia ideal que abrange todo o ciclo de vida da planta, desde a concepção da planta, engenharia, instalação dos sistemas e dispositivos para o start-up de produção, manutenção e up-grades.

 

Sobre os Novos Recursos

 

1. Novo dispositivo de campo N-IO (Network I/O) com configuração inteligente que pode lidar com diversos tipos de sinais diferentes

 

Os Sistemas Instrumentados de Segurança contam com os dispositivos de campo de entrada e saída de sinais, que realizam a transferência dos dados dos sensores, válvulas e outros tipos de instrumentos de campo. Usando esses dados, eles podem detectar condições anormais e com segurança iniciar paradas de emergência. Dependendo do modelo de instrumento e do tipo de aplicação, o tipo de sinal elétrico usado para transferir estes dados varia. Com um dispositivo FIO convencional, um módulo de entrada ou saída deve ser compatível para cada tipo de sinal.

 

O dispositivo de campo N-IO foi desenvolvido para uso com ProSafe-RS e cumpre as funções de I/O inteligente configurável, permitindo rearranjo via software e atribuição de I/O flexível. Ele tem um módulo de I/O que acomoda múltiplos tipos de sinais e permite a configuração do tipo de sinal individualmente para cada ponto. Ambos os sinais analógicos e digitais de I/O, que representam a grande maioria dos sinais de I/O utilizados, podem ser tratados exclusivamente por meio de configurações de software. Com o N-IO, já não é mais necessário substituir o módulo de I/O, reduzindo a quantidade de religações que devem ser feitas quando ocorre uma alteração no tipo de sensor e/ou layouts durante uma reforma da planta. Isto reduz significativamente a quantidade de trabalho que tem de ser executado por técnicos e pelo pessoal de manutenção da planta. O dispositivo de N-IO pode também ser utilizado em conjunto com dispositivos convencionais FIO.

 

 

Além disso, a Yokogawa assinou acordos OEM com a Pepperl+Fuchs GmbH*1 e MTL Instruments Group Limited*2 em que a Yokogawa receberá baseplates e comercializá-los como seus próprios produtos. Estes serão utilizados em combinação com os módulos de N-IO da empresa e com as barreiras de segurança intrínseca (IS) adquiridos a partir das duas empresas. Ambos os parceiros têm reputações sólidas no desenvolvimento de produtos de interface para uso em áreas de risco. Este desenvolvimento faz com que a Yokogawa seja capaz de garantir que o N-IO esteja em conformidade com as principais normas em segurança intrínseca na Europa, Ásia e Américas.

 

2. Ferramenta baseada em software FieldMate™ Validator para uso com instrumentos de I/O de campo para verificação da conexão do dispositivo e se o mesmo está funcionando corretamente

 

Após a instalação de um instrumento de campo e conclusão de todo o cabeamento, este deve ser verificado. Até agora, essa verificação só poderia ser realizado utilizando a estação de engenharia do SIS e era necessário que os engenheiros aguardassem primeiramente o término da instalação dos instrumentos de campo e todo o SIS, incluindo as estações de operação / monitoração e os controladores de campo, para serem configurados.

 

O software de comissionamento de loop do N-IO, que é usado para verificar o cabeamento e operações relevantes para qualquer instrumento de campo recém-instalado ou dispositivo de I/O de campo, foi modificado para suportar o ProSafe-RS R4.01. Quando o FieldMate estabelece uma conexão com um dispositivo N-IO, a ferramenta FieldMate Validator pode verificar em tempo real o cabeamento de todos os instrumentos de campo, com base nas informações das malhas de controle no software de aplicação do SIS, para verificar se eles estão funcionando corretamente. Uma novidade na indústria, não há mais a necessidade de todo o SIS estar instalado para realizar isso, economizando tempo significativo e proporcionando maior versatilidade na execução do projeto. O FieldMate Validator será lançado no início de dezembro deste ano.

 

3. Automation Suite Design (AD Suite) - Ambiente Integrado de Engenharia

 

O ProSafe-RS R4.01 apresenta o AD Suíte, o mesmo ambiente de engenharia utilizada com o sistema de controle integrado CENTUM VP, que permite a gestão integrada do CENTUM VP e do ProSafe-RS. Com esse recurso, os engenheiros podem usar o AD Suite para projetar o I/O do ProSafe-RS. O AD Suite também tem funções para gerir o histórico de alterações e gravar as mudanças, economizando tempo quando existe a necessidade de realizar mudanças sistemas.

 

Aplicações / Principais Mercados-alvo

Para o uso com “emergency shutdown systems” (ESD), “burner management systems” (BMS) e “fire and gas systems” (FGS) em indústrias de processo, como petróleo e gás natural, produtos petroquímicos, produtos químicos, energia elétrica, produtos farmacêuticos e de ferro e aço

 

Sobre o ProSafe-RS

Lançado em fevereiro de 2005, o Sistema Instrumentado de Segurança ProSafe-RS previne acidentes através da detecção de condições anormais em operações de planta e inicia ações de emergência, como um Trip da planta. Um grupo de certificação independente certificou que ProSafe-RS está em conformidade com a norma internacional de segurança IEC61508 e pode ser usado em aplicações até SIL3*3. Ao contrário dos sistemas convencionais de Sistemas Instrumentados de Segurança e Sistemas Digitais de Controle Distribuídos, que são considerados como tendo diferentes papéis e funções e operam separadamente, a operação de ProSafe-RS e do Sistemas Digitais de Controle Distribuídos CENTUM pode ser totalmente integrado. O ProSafe-RS é altamente conceituado pelos usuários e foi instalado em mais de 1.700 projetos de todo o mundo nos últimos 10 anos. A Yokogawa continuará a reforçar as funções do ProSafe-RS para satisfazer as necessidades do Sistema Instrumentado de Segurança de seus clientes.

 

* 1 Desenvolvedor Alemã e fabricante de sensores industriais, soluções de interface de processo e equipamentos de a prova de explosão para aplicações de automação industrial.

 

* 2 Uma empresa com base no Reino Unido que, como parte da divisão de Crouse Hinds by Eaton Corporation, fabrica e desenvolve produtos sistema MTL e equipamentos a prova de explosão para uso nas indústrias de processo em condições adversas e áreas de risco.

 

* 3 Uma norma relativa à segurança funcional dos equipamentos elétricos e eletrônicos que foi estabelecido pela International Electrotechnical Commission (IEC). Safety integrity levels (SIL), de 1 a 4 são definidos pelo IEC61508. No SIL3, o fator de risco para uma fábrica onde as medidas de segurança devem ser aplicadas, está em um intervalo entre 1/1000 e 1/10000.

 

Sobre a Yokogawa

A rede global da Yokogawa possui 88 empresas e abrange 56 países. Fundada em 1915, uma empresa de 3.5 bilhões de dólares, realiza pesquisas de ponta em inovação. A Yokogawa está envolvida em automação industrial e controle (IA), teste e medição e outros segmentos de negócios. O segmento de automação industrial desempenha um papel vital em uma ampla gama de indústrias, incluindo petróleo, produtos químicos, gás natural, energia, siderurgia, papel e celulose, produtos farmacêuticos e alimentos. Para mais informações sobre a Yokogawa, por favor, visite o site www.yokogawa.com.

Os nomes das empresas, organizações e marcas neste texto são marcas comerciais ou marcas registradas de seus respectivos titulares.