Notícias

11 de Abril, 2019

Yokogawa Lança Nova Versão do Sistema Instrumentado de Segurança PROSAFE-RS R4.03

–Fácil aplicação e utilização em Sistemas de Fogo & Gás–

A Yokogawa Electric Corporation anuncia que lançará em 26 de abril uma versão melhorada de seu Sistema Instrumentado de Segurança ProSafe®-RS. As melhorias desta última versão, R4.03, incluem uma função de engenharia aprimorada para configuração de Sistemas de Fogo e Gás (FGS ou Sistema F&G) e novos Faceplates de operação, para as telas de operação e monitoramento de FGS. Esses aprimoramentos facilitam a aplicação e o uso do ProSafe-RS em Sistemas F&G.

 

Desenvolvimento

Nas indústrias de petróleo, gás natural, petroquímica, química e outras indústrias de energia e materiais básicos, várias medidas de segurança devem ser tomadas para prevenir acidentes e proteger o meio ambiente. Isso inclui o uso de um Sistema Instrumentado de Segurança, que pode garantir a segurança da planta funcionando como um sistema de Emergency Shutdown (ESD) que detecta condições anormais e com segurança inicia shutdowns de emergência, ou então funcionando como um FGS.

O Sistema Instrumentado de Segurança ProSafe-RS da Yokogawa pode ser integrado com o Sistema Integrado de Controle de Produção CENTUM VP e é amplamente utilizado em todo o mundo, principalmente em aplicações ESD. Baseado em uma pesquisa da Yokogawa em abril de 2017, o ProSafe-RS é um dos Sistemas Instrumentados de Segurança mais vendidos no mercado atualmente. Desde o lançamento deste sistema em 2005, a Yokogawa tem continuadamente a reforçar as suas funções para atender uma variedade de necessidades dos clientes. Em resposta à crescente necessidade de soluções FGS, esta versão mais recente inclui recursos que tornam mais fácil a aplicação e utilização desta solução para este tipo de sistema. Com o lançamento de um novo módulo de entrada/saída (I/O) e pelo o uso de uma topologia de rede de controle alternativa, estamos dando aos nossos clientes uma maior variedade de opções em suas aplicações ESD e FGS. Além destes, a segurança cibernética também foi reforçada.

 

Melhorias

1. Fácil aplicação e utilização em Sistemas F&G

Foi adicionado às funções de engenharia do ProSafe-RS, novos componentes de software (Blocos de Funções) que definem as operações e funções a serem realizadas quando fumaça, calor ou gás é detectada, que é um aspecto essencial de qualquer aplicação FGS. Faceplates padronizados para aplicações FGS foram adicionados para a exibição integrada de informações sobre o detector de fumaça, calor ou gás, como nível de concentração de gás e status do dispositivo. Além disso, o módulo de I/O tem uma nova função que pode resetar o detector que envia sinais de detecção de fumaça e de calor para o sistema ProSafe-RS. Isso elimina a necessidade de um circuito de reinicialização para restaurar a comunicação após uma anormalidade ser detectada, reduzindo assim o tamanho do hardware e seu custo inicial. Com essas melhorias, o ProSafe-RS é mais fácil de se aplicar e utilizar em Sistemas F&G.

 

2. Novo modulo de IO

A Yokogawa possui um dispositivo chamado N-IO (Network-IO) com canais que podem ser configurados por software para processar sinais analógicos ou digitais. Como a maioria dos Sistemas Instrumentados de Segurança se baseiam principalmente em sinais digitais de I/O, a empresa adicionou um novo módulo de I/O à sua linha que é usada apenas para a entrada ou saída de sinais digitais. Este novo módulo reduz o custo total de propriedade para os usuários.

 

3. Topologia de Rede em Anel

Para o barramento de controle em tempo real Vnet/IP®*1, o ProSafe-RS baseou-se na topologia de rede em estrela, na qual todos os dispositivos estão conectados a um hub central. O novo ProSafe-RS também é compatível com a topologia em anel, na qual os dispositivos são conectados um ao outro na forma de um anel. Esse recurso oferece aos nossos clientes maior flexibilidade na configuração de seus sistemas

 

4. Segurança Cibernética melhorada

Como resultado das melhorias feitas nas funções de segurança do software da estação de engenharia do ProSafe-RS e nas alterações nas configurações de segurança do Windows®, os usuários podem agora configurar seus sistemas para um nível de segurança mais alto. Esta versão mais recente do ProSafe-RS também suporta uma função do Windows que permite o gerenciamento centralizado de configurações de segurança. Com este recurso, os usuários podem aplicar as mesmas configurações de segurança para vários PCs de monitoramento e operação, melhorando assim a segurança da planta.

 

Principais Mercados e Aplicações

Para uso em sistemas de Emergency Shutdown (ESD), Sistemas de Gerenciamento de Queimadores (BMS) e Sistemas de Fogo & Gás (FGS) em indústrias de processo tais como petróleo, gás natural, petroquímicos, produtos químicos, farmacêuticos, energia elétrica e ferro e aço

 

Sobre a ProSafe-RS

Lançado em fevereiro de 2005, o Sistema Instrumentado de Segurança ProSafe-RS ajuda a prevenir acidentes detectando condições anormais nas operações da planta e iniciando ações de emergência como a parada da planta. Um órgão de certificação independente certificou que o ProSafe-RS está em conformidade com a norma de segurança internacional IEC61508 e pode ser utilizado em aplicações até SIL3*2. Ao contrário dos Sistemas Instrumentados de Segurança convencionais e sistemas de controle distribuídos, que são considerados como tendo diferentes papéis e funções e operam separadamente, o funcionamento do ProSafe-RS e do sistema de controle CENTUM pode ser totalmente integrado. ProSafe-RS é altamente considerado pelos usuários e foi instalado em mais de 2.100 projetos em todo o mundo (até abril de 2017).

 

* 1 Vnet/IP é uma rede de controle desenvolvida pela Yokogawa que apresenta alta confiabilidade e resposta rápida. Vnet/IP está em conformidade com a norma internacional IEC61784-2.

 

* 2 Estabelecido pelo IEC, um nível de integridade de segurança (SIL) indica o nível relativo de risco proporcionado por uma função de segurança. Os SIL1 a 4 são definidas pela IEC 61508. No SIL3, o fator de risco para uma planta onde as medidas de segurança não estão adequadas está entre 1/1.000 e 1/10.000. Na SIL4, o fator de risco está na faixa entre 1/10.000 e 1/100.000.

 

 

Sobre a Yokogawa

A rede global da Yokogawa possui 88 empresas e abrange 56 países. Fundada em 1915, uma empresa de 3.5 bilhões de dólares, realiza pesquisas de ponta em inovação. A Yokogawa está envolvida em automação industrial e controle (IA), teste e medição, aviação e outros segmentos de negócios. O segmento de automação industrial desempenha um papel vital em uma ampla gama de indústrias, incluindo petróleo, produtos químicos, gás natural, energia, siderurgia, papel e celulose, produtos farmacêuticos e alimentos. Para mais informações sobre a Yokogawa, por favor, visite o site www.yokogawa.com.

 

Os nomes das empresas, organizações e marcas neste texto são marcas comerciais ou marcas registradas de seus respectivos detentores.